Senhor, nessa Páscoa, surpreende-me com o dom da Tua Paz!

Abr 05, 2017

 

Hoje de manhã, como de costume, bati um papo com Deus. Foi discorrendo com Ele sobre a Páscoa. A conversa estava muito pesada. Afinal das contas o assunto era muito sério. Para descontrair o clima, contei-lhe que encomendara 150 ovos de chocolate para presentear as crianças do Projeto Legal. Ele abriu um sorriso e me perguntou: “Você também está na lista?”. “Claro que não. – respondi captando seu tom de brincadeira -. Ovo de chocolate não quero não. Estou de regime, mas não dispenso a surpresa. Surpreende-me, ó Pai com um presente de só três letras que começa com P de paixão e acaba com Z de zelo pela vida. Vem todo recheado de A de amor. Visto que você derrotou a morte de Teu Filho e o ressuscitou, acaba logo com o ódio, dá um jeito na violência que ameaça nossas vidas, apaga o fogo da ira, cura as feridas cravadas nos corações, e inunda cada ser humano com Tua PAZ. EU QUERO! POR ISSO VOU FAZER POR ONDE. Tenho certeza que vou poder contar com muitas outras pessoas. Já vou começando cercando todo mundo de abraços. Quero abraçar de maneira especial as pessoas que por ventura foram por mim machucadas. Preciso de seu perdão para ficar aliviado. Quanto a mim quem precisar de meu perdão sinta-se perdoado. Não sou doido de envenenar meu coração com doses de ódio. Quero padecer de derrame de amor”.

Os olhos de Deus ficaram marejados e uma lágrima foi escorrendo ao longo de seu rosto luminoso. Na hora que pingou no chão brotou a cruz sobre a qual fora pendurado seu Filho amado. No horizonte apareceu Ele glorificado. Não estava sozinho. Avançava com uma longa fileira de homens e mulheres. Até crianças iam atrás dele. Eram os mártires da caminhada. “A paz esteja contigo”, me disse o Ressuscitado. Logo depois me mostrou as mãos e os pés furados pelos pregos e me ordenou: “Mostre-me as suas!”. De início não entendi nada, mas aos poucos foi me dando conta e fiquei envergonhado. Minhas mãos estavam encolhidas demais para receber a Paz do Ressuscitado. Este manda a Paz a todo momento, mas só acontece quando encontra pessoas dispostas a dar a vida por ela. 

Saverio Paolillo (Pe. Xavier)

Missionário Comboniano, nasceu em Barletta na Itália. No Brasil, iniciou suas atividades em São Paulo e em 1998 foi transferido para a Sera (ES), onde teve fundamental importância na criação da Rede Aica.

Conheça a Rede

Agende uma Visita
Venha conhecer esta rede de Ação Solidária.
SEDE: Rede Aica - Rede de Atendimento Integrado à Criança e ao Adolescente

Endereço: Rua João de Barro, 144 - Novo Horizonte, Serra|ES

Telefone: (27) 3338-5575

INSCREVA-SE

Cadastre seu email e receba nossos informativos

Depoimento

"Pude testemunhar o quão organizado é o Projeto Cidadão no bairro de Novo Horizonte. Sinceramente, fiquei encantado!." Vereador Roberto Catirica

Siga-nos

Top